Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Tratamento da Acne com Roacutan® (Isotretinoína)

Esse artigo busca informar os nossos pacientes sobre os diversos cuidados e possíveis efeitos colaterais relacionados ao Roacutan® (Isotretinoína). Gradativamente vamos atualizar esse post, para aumentar o número de informações a vocês.

O quê é o Roacutan®?

Roacutan® é o nome comercial do medicamento cujo princípio ativo é a Isotretinoína. O Roacutan® é um medicamento fabricado pelo laboratório Roche.

A Isotretinoína é um componente derivado da Vitamina A e, no organismo, atua diminuindo o tamanho das glândulas sebáceas e a sua produção de sebo, além de ter ação anti-inflamatória, também promove descamação da pele. Dessa forma a Isotretinoína (Roacutan®) atua nas 3 principais causas da acne, sendo o melhor tratamento para a acne grave.

Além do Roacutan® existem medicamentos Genéricos da Isotretinoína.

Quando se deve utilizar o tratamento com Roacutan® (Isotretinoína)?

A Isotretinoína está bem indicada nos casos graves de acne, principalmente quando há formação de nódulos, cistos e abcessos. Entretanto alguns casos de acne moderada não respondem aos demais tratamentos e por isso pode ser indicado o uso do Roacutan® ou seus genéricos.

Em muitos casos de acne o paciente permanece com muitas sequelas, como manchas e cicatrizes, que tem efeito estigmatizante, sendo isso mais um motivo para um tratamento mais eficaz.

É importante que a decisão pelo uso da Isotretinoína seja feita em conjunto entre o Dermatologista, o paciente e seus familiares, quando o paciente for menor de idade. Assim devem estar conscientes dos benefícios, mas também dos riscos envolvidos.

Quais os principais efeitos colaterais do Roacutan® (Isotretinoína)?

Temos alguns efeitos colaterais que são mais comuns, outros são raros, mas podem acontecer.

Efeitos colaterais comuns:

- Ressecamento dos lábios, da nariz e dos olhos.
- Ocasionalmente as lesões aumentam de tamanho e de número antes de secarem.
- Fotossensibilidade (a pele fica sensível à luz solar)
- Leve queda de cabelo (segundo o fabricante os cabelos voltam a crescer quando o tratamento termina, embora haja casos raros em que a calvície persistiu)
- Unhas fracas.
- Dores de cabeça.
- Náuseas.
- Dores nos músculos e nas articulações.

Efeitos colaterais raros:

- Problemas de visão noturna, catarata.
- Vasculite (reações inflamatórias dos vasos sanguíneos)
- Diminuição do número de hemácias e glóbulos brancos (causando fraqueza e propensão à doenças infecciosas)
- Diminuição da audição ou surdez discreta.
- Irritações mais severas na pele com possível surgimento de nódulos e erupções não-relacionados à acne.
- Sudorese
- Coceira
- Infecção intestinal
- Distúrbios psíquicos e do Sistema nervoso central (Exemplo: depressão e convulsões)
- Hepatite

Quando não se deve utilizar o Roacutan®?

Existem casos específicos em que o uso da Isotretinoína é totalmente contra-indicado.

- Gravidez
- Insuficiência dos rins ou do fígado
- Alta taxa de lipídios no sangue
- Amamentação
- Uso de antibióticos com tetraciclina
- Diarreia grave
- Alergia à soja

 

Para maiores informações, sugerimos que leia a Bula do Roacutan.

 

Categorias: Sem categoria

3 comentários

  1. reeh disse:

    tenho espinhas, mas nada grave, mas estou sempre com espinhas e meu rosto manchado.. poderia tomar roacutan so para melhorar a aparencia da minha pele???

    • Dr. Alexandre Lima disse:

      É muito importante que você faça uma consulta com dermatologista para saber as indicações. Se desejar estamos à sua disposição.

  2. Larissa disse:

    acreditem ou não. tomei esse remedio por 8 meses e nada senti so os lábio poucos ressecados q eu curava c a pomada bepantol..so isso e minha pele limpou toda

Comente